3.3 Objetos

O R te permite salvar valores dentro de um objeto. Um objeto é simplesmente um nome que guarda um valor. Para criar um objeto, utilizamos o operador <-.

No exemplo abaixo, salvamos o valor 1 em a. Sempre que avaliarmos o objeto a, o R vai devolver o valor 1.

# Salvando `1` em `a`
a <- 1

# Avaliando o objeto `a`
a
## [1] 1

Existem algumas regras para dar nomes aos objetos. A mais importante é: o nome deve começar com uma letra3. O nome pode conter números, mas não pode começar com números. Você pode usar pontos . e underlines _ para separar palavras.

# Permitido

x <- 1
x1 <- 2
objeto <- 3
meu_objeto <- 4
meu.objeto <- 5

# Não permitido

1x <- 1
_objeto <- 2
meu-objeto <- 3

Atenção!

O R diferencia letras maiúsculas e minúsculas, isto é, b é considerado um objeto diferente de B. Rode o exemplo abaixo e observe que dois objetos diferentes são criados no Environment.

b <- 2
B <- 3

b
## [1] 2
B
## [1] 3

O objeto mais importante para o cientista de dados é, claro, a base de dados. No R, uma base de dados é representa por objetos chamados de data frames. A seguir, vamos entender o que são esses objetos.


  1. Ou com um ponto.↩︎


Curso-R